Uma Proposta de Inclusão Digital para as Comunidades Cisterna e São Domingos Situadas no Município de Catalão

O projeto de extensão "Uma Proposta de Inclusão Digital para as Comunidades Cisterna e São Domingos Situadas no Município de Catalão" foi proposto pelo Departamento de Matemática (DM) do Campus Catalão (CAC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) para ser realizado, a partir do ano em 2012, pelo período de dezesseis meses, em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura de Catalão. O projeto foi contemplado no edital de apoio à capacitação no uso das tecnologias da informação e comunicação para a juventude rural publicado pelo Ministério das Comunicações. 

Neste projeto são apresentadas formas de se incluir digitalmente os moradores de duas comunidades rurais, a saber, São Domingos e Cisterna. Na comunidade São Domingos e comunidades vizinhas residem, aproximadamente, 210 (duzentas e dez) pessoas e na comunidade Cisterna e comunidades vizinhas residem aproximadamente 200 (duzentas) pessoas. Essas comunidades não dispõem de ambientes multiusuários que propiciem o acesso a recursos tecnológicos e internet. Contudo, cada uma conta com uma escola de ensino fundamental, Arminda Rosa, onde estão matriculados 90 (noventa) alunos e Maria Bárbara Sucena, onde estão matriculados 113 (cento e treze) alunos. Pretende-se, utilizar recursos e material humano das escolas parceiras, para ofertar cursos para toda a comunidade. 

Apesar dos grandes avanços tecnológicos, poucas pessoas fazem uso desses recursos para melhoria de sua qualidade de vida. Neste contexto, se enquadram tanto moradores da zona urbana quanto rural. Agrava-se, contudo, na zona rural devido à distância que os separa do centro de produção e utilização destes recursos. Visando amenizar esse problema, por meio do projeto, serão ofertados cursos que possibilitarão a aquisição de conhecimentos de informática básica, robótica elementar e tratamento de imagens. O público alvo será definido a cada curso, sendo composto por professores, alunos e comunidade externa à escola. Ademais, serão promovidos eventos culturais tais como apresentação de filmes para as comunidades rurais e exposição de fotos de autoria dos participantes do projeto. 

Ao final do projeto, espera-se que todo o conhecimento adquirido possa ser compartilhado de forma independente da universidade com novas turmas, dando continuidade à promoção da inclusão digital de todos os moradores das comunidades Cisterna, São Domingos e comunidades vizinhas.